Iogurte Natural Vegano: aprenda a fazer o seu em casa

dieta vegetariana, iogurte probiotico, lactovegetariano, ovolactovegetarianismo, ovovegetariano, receita, vegetarianismo -

Iogurte Natural Vegano: aprenda a fazer o seu em casa

Escrito por Alice Janequine e revisado por Barbara Vaz.


Considerado um probiótico capaz de proporcionar inúmeros benefícios à saúde, o iogurte natural tem o potencial de regular funcionamento do intestino, contribuir para o bom aspecto da pele, fortalecer dentes e ossos, prevenindo doenças como a osteoporose, além de ser uma rica fonte de proteínas.


O iogurte é um derivado lácteo preparado através de um processo de fermentação do leite, através dele as bactérias presentes são responsáveis pela fermentação da lactose (açúcar presente no leite) e pela produção de ácido lático, o que resulta na textura e no sabor característico desse alimento.


Hoje em dia, encontramos nos supermercados uma enorme variedade de iogurtes, já prontos para o consumo, nas prateleiras. Mas sempre vale lembrar que normalmente esses produtos podem conter açúcares, corantes e conservantes, por isso é importante estar atento aos rótulos e tabelas nutricionais antes de escolher o produto.


Não é segredo algum as inúmeras vantagens dos produtos fermentados de origem vegetal. Por isso, selecionamos uma receita de iogurte vegetal que se parece muito com o iogurte natural tradicional, de leite de vaca, e ainda pode ser consumido por pessoas com intolerância à lactose, alérgicos a caseína, assim como os veganos e pessoas que desejem diminuir o consumo de lácteos.


Acompanhe a receita a seguir para aprender a fazer seu próprio iogurte natural vegano.


Ingredientes:

- 500g polpa do coco seco;

- 400ml água morna.


Modo de preparo: 

- Corte os pedaços de coco seco em pequenos cubos de aproximadamente 1 cm;

- Coloque-os no liquidificador junto com a água levemente morna;

- Bata por cerca de 5 minutos (o tempo vai depender da potência do seu liquidificador) ou até chegar num creme liso.

- Passe esse creme para um voal ou pano de prato limpo e esprema bem, a fim de tirar todo o líquido;

- Transfira o leite de coco para um recipiente de vidro de boca larga, tampe com um voal ou pedaço de pano de prato limpo e deixe fora da geladeira por 24 horas para que ele fermente;

- Após as 24 horas, tampe-o e leve para geladeira por mais 8 horas;

- Após esse período você verá que a gordura irá se separar do soro, ficando na parte de cima do pote;

- Se desejar um iogurte mais consistente (iogurte grego), retire essa parte de cima com uma colher e utilize como desejar (em frutas, molhos, etc.);

- Se desejar um iogurte mais líquido, apenas misture bem o recipiente a fim de incorporar o soro à gordura novamente.



Referências

Aune D, Norat T, Romundstad P, Vatten LJ (2013) Dairy products and the risk of type 2 diabetes: a systematic review and dose-response metaanalysis of cohort studies. Am J Clin Nutr 98,1066–83.

Brasil (2014) Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica.  Guia alimentar para a população brasileira / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. – 2. ed., 1. reimpr. – Brasília.

Pandey KR, Naik SR, Vakil BV (2015) Probiotics, prebiotics and synbiotics-a review. J Food Sci Technol 52, 7577–87.

Schrezenmeir J, De Vrese M (2001) Probiotics, prebiotics, and synbiotics - approaching a definition. Am J Clin Nutr 73 (2), 361-364.